Antigas condições consideradas momentâneas

Ando chato pra tudo
e tudo me parece chato
o dia que nasce me beira o negro
penso que choverá a qualquer momento
e nisso tudo só falta o papa morrer
pra minha fé toda acabar

A pressão é constante,
o fundo do mar em terra firme
reprimo, recrimino e repudio
e não esqueço de lembrar
não será o singular nem o plural
que poderão me ajudar

Sou cada vez mais ácido
ácido e falso e melancólico e irreal
ácido como acetilsalicílico
falso como profeta de praça
melancólico como drama na madrugada
irreal como o eu te amo daquele
que me trai

Procuro a verdade em cada canto da cidade
mas tudo que acho são mentiras
as mesmas de sempre, que seja dito
e na verdade nem preciso achar
me olho no espelho e vejo que sou uma
bem debaixo do meu nariz e não é meu bigode

E não creio que você leu até aqui
e não creio que irá sorrir pra mim
minha cara de cu é tão feia
que toda vez que eu falo
pode ter certeza
não é minha voz,
sou eu que peido.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s